OU

Recuperar password

Introduza o seu email em baixo. Um email ser-lhe-á enviado com instruções para criar uma nova password.

Toyota Hilux Tracker - Análise

13 de Agosto de 2019 • 1070 Visualizações

Ninguém tenha dúvidas que no caso da Toyota a idade tem sido sempre sinónimo de qualidade e desenvolvimento, ou seja a marca nipónica segue à risca a máxima de que em equipa que ganha não se mexe.

Pelo menos não se mexe muito, como é o caso da Hilux Tracker que continua a ser uma referência entre o que denominamos de pick-up, ou de carro para todo o serviço. Uma nova plataforma e motor, é mais larga que a sua irmã anterior, tem melhor equipamento e um desenho exterior e interior completamente novos, mas com traços que nos são familiares da Toyota Hilux.

Vamos neste artigo descobrir se realmente a nova Toyota Hilux está jogar para ganhar.

ESPECIFICAÇÕES

Motor 4 cilindros em linha, injeção direta, turbodiesel

Cilindrada (cm3) 2393

Diâmetro x curso (mm) 92 x 90

Taxa compressão 15,6:1

Potência máxima (cv/rpm) 150/400

Binário máximo (Nm/rpm) 400/1600 – 23000

Transmissão e direcção Tracção traseira ou integral, caixa manual de 6 velocidades, direção de pinhão e cremalheira

Suspensão (fr/tr) Duplo triângulo; eixo rígido com molas de lâminas

Dimensões e pesos (mm) Comp./largura/altura  5330/1855/1815; distância entre eixos 3085; largura de vias (fr/tr) 1535/1550

Travões fr/tr. Discos ventilados/tambores

Peso (kg) 2100

Capacidade da bagageira (l) 1030 lts

Depósito de combustível (l) 80

Pneus (fr/tr) 265/65 R17

Aceleração 0-100 km/h (s) 13,2

Velocidade máxima (km/h) 170

Consumos Extra-urb./urbano/misto (l/100 km) nd/nd/7,0

Emissões de CO2 (g/km) 178

Características exteriores DA TOYOTA HILUX TRACKER

Disponíveis estão vários tipos de carroçaria: cabine simples e cabine extra (para as versões de trabalho, essencialmente, embora haja uma Tracker de lazer com três lugares) e a cabine dupla.

Nesta há espaço para cinco, não muito folgados e sentados num banco que não é lá muito confortável. O acesso é bom, mas a altura ao solo foi aumentada e alguns terão dificuldade em chegar ao banco sem a ajuda de um estribo.

A Toyota reclama para a Hilux um trabalho profundo para oferecer um comportamento e conforto de um SUV convencional, assemelhando-se a um automóvel.

Para isso, o chassis foi reforçado com aços de alto limite elástico e a suspensão foi suavizada, não deixando do eixo traseiro ser rígido com molas de lâminas. Tudo isto foi feito com o objetivo de melhorar o conforto, o controlo dos movimentos da carroçaria e oferecer maior precisão e sensibilidade à direção.

 

MOTORIZAÇÃO DA TOYOTA HILUX TRACKER

O motor da Hiliux é novo, abandonando o antigo 2.5 litros em favor de um bloco de 2.3 litros turbodiesel com 150 CV e um binário de 400 Nm, Euro6 compatível com a adição do AdBlue. Com uma curva de binário mais ampla e flexível, o motor ajuda bastante na sensação de velocidade experimentada ao volante.

A aceleração faz-se de forma célere, mesmo a partir de baixas rotações e a capacidade de ganhar velocidade permite que as ultrapassagens sejam mais rápidas e menos um jogo de embalar para conseguir.

A caixa manual de seis velocidades tem uma primeira marcha muito curta, mas o resto da caixa está bem escalonada, com uma sexta longa para ajudar na economia de gasóleo, mas bem-adaptada à curva de binário do motor, permitindo recuperar aceleração com inusitada facilidade.

Sendo bem menos potente que o motor da Nissan Navara, a verdade é que o bloco da Hilux permite andar verdadeiramente depressa. Mais do que seria expectável e até recomendável…

O sistema de traçao integral conta com as conhecidas redutoras e permite andar em 4×2, 4×4 e 4×4 “altas”. Para isso basta, até 80 km/h, rodar um manípulo e passar de duas rodas para quatro rodas motrizes. Para engrenar as redutoras, temos de imobilizar a Hilux, pressionar o manípulo e rodar. Esperar um pouco e arrancar em segunda ou terceira com tudo ligado.

Existe um modo Eco e um modo Power, sendo que o primeiro ajuda a poupar combustível – algo que não é fácil num carro tão pesado – o segundo oferece tudo aquilo que o motor tem para dar. Para andar fora de estrada, a Hilux tem como ângulo de entrada 31 graus, e de saída 26 graus, com uma majorada altura ao solo.

O diferencial traseiro pode ser bloqueado, a Hilux tem controlo de subida em declive e ajuda á descida em declive e controlo de tração ativo. O sistema Toyota Safety Sense foi integrado na Hilux e incorpora a deteção de pré-colisão com deteção de peões, alerta de desvio de faixa de rodagem e reconhecimento de sinais de trânsito.

Características interiores dA TOYOTA HILUX TRACKER

A direção da Toyota Hilux é precisa e já não tem aquelas folgas que nos obrigavam a antecipar as curvas para conseguir inserir a frente, mas, se abusarmos, imediatamente a Hilux nos lembra que este é, na essência, um veículo de trabalho.

A frente começa a escorregar, a carroçaria adorna bastante e a roda traseira interior começa a levantar do chão. Não é defeito, é feitio, mas nada que os rivais façam melhor.

Dentro da Hilux, deparamos com um interior cuidado e que, por momentos, nos faz pensar que não estamos ao volante de um veículo originalmente de trabalho. Colocamos o motor em marcha e… pronto, a menor insonorização esfrega-nos na cara as raízes da Hilux.

Porém, o motor acaba por ser mais simpático que em algumas rivais, pois o momento seguinte ao arranque e aquecimento, é mais sossegado e acaba por não invadir demasiado o habitáculo.

Não há quem faça melhor e, honestamente, perante a base de partida a Hilux é excelente. A posição de condução é muito agradável e o tablier desenhado com gosto e com qualidade superior ao esperado num veículo destes.

Sentados numa posição elevada, a visibilidade é excelente, os espelhos generosos mantêm controlada a visão para trás e todos os comandos estão à mão.

A nova Toyota Hilux entra de facto no seu segmento de mercado com uma formula ganhadora e pronta para enfrentar os modelos de outras marcas. Pelas características e equipamento aqui apresentado tem de facto elementos para dominar o mercado.

Comprar a nova Toyota Hilux em Angola

Pretende comprar a nova Toyota Hilux em Angola? Assim que o mesmo estiver disponível nas representantes e stands locais, irá também surgir aqui no AngoCarro, o portal online líder na venda de veículos automóveis em Angola.

Visite já a página onde apresentamos os anúncios da nova Toyota Hilux em Angola e faça a sua escolha:  comprar Toyota Hilux em Angola.

 

Anúncios mais recentes

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Por favor insira o seu e-mail para receber a newsletter com a oferta diária.
O AngoCarro é o maior site de compra e venda de carros de Angola. Oferecemos um mercado automóvel online seguro, rápido, eficiente e fácil de utilizar, que já é a principal referência na venda de carros em Angola.  Aqui, poderá encontrar não só carros usados em Angola, mas também carros novos, das principais marcas automóveis, como Hyundai, Kia, Toyota, Mitsubishi, Suzuki, Nissan, e muitas outras.  Além dos diversos tipos de automóveis: ligeiros, carrinhas, comerciais, SUV ou Jipes, aqui também é possível comprar e vender motos. Quem quer comprar ou vender carros em Angola, escolhe o AngoCarro.
Angocarro        Angocasa Tech Africa